De seg. a sex. das 8h às 20h. Sáb. das 8h às 12h

Saiba quem pode usar o Invisalign

Tempo de leitura: 3 minutos

O Invisalign é o alinhador mais conhecido e avançado do mundo. Sua capacidade permite tratar diversos casos, sem que os pacientes sintam o incômodo de um aparelho tradicional. 

Veja quais são os casos tratáveis com o Invisalign e transforme o seu sorriso! 

Dentes apinhados podem ser tratados com o Invisalign?

O apinhamento dental é causado pelo desenvolvimento incorreto da arcada dentária, deixando a mordida sem espaço para que os dentes se encaixem naturalmente, o que pode ocasionar problemas na estética facial e na fala. 

Quem tem dentes apinhados, geralmente, sente muita dificuldade para escovar os dentes e usar o fio dental. Tornando mais fácil o aparecimento de placas bacterianas e tártaro. Se não tratados os dentes apinhados tendem a piorar. Sim, o Invisalign pode tratar o apinhamento dental. 

Sobremedida pode ser tratada com o Invisalign?

A sobremordida acontece quando os dentes superiores sobrepõem os dentes inferiores. Esse tipo de mordida é comum para a maioria das pessoas. Se a sobremordida for muito larga poderá gastar a sua mordida, causando alguns problemas. Especialistas usam porcentagem para descrever os níveis de sobremordida e o ideal é ter entre 5% a 25%.

Sim, o Invisalign pode tratar a sobremordida e transformar o seu sorriso. . 

Prognatismo 

É parecido com o caso acima, porém de forma contrária. No prognatismo os dentes inferiores ficam a frente dos superiores ao fechar a mordida. Em alguns casos, o prognatismo se origina de uma má formação do maxilar, que se desenvolveu mais rapidamente do que resto da face. Pode dificultar a fala e a face, além de desgastar mais rapidamente. 

Sim, o Invisalign pode ajudar em alguns casos de prognatismo. Situações mais graves podem precisar do tratamento Invisalign combinado com cirurgia.

Mordida cruzada 

A mordida cruzada acontece quando somente alguns dentes superiores se encaixam em uma posição atrás dos dentes inferiores. Em uma mordida considerada normal, ocorre o contrário. 

Essa posição dos dentes pode ocasionar desgaste ou até mesmo quebrar dentes. Isto também pode fazer com que a gengiva comece a recuar ou aparecer pequenos entalhes em sua parte superior.

Sim, o Invisalign também pode ajudar em alguns casos de mordida cruzada.

Diastemas podem ser tratados com o Invisalign?

O diastema é o espaço entre dois ou mais dentes. É mais frequente observado nos dentes frontais superiores. Pode criar ‘depósitos’ entre os dentes e a gengiva, onde alimentos podem ficar presos. Isso pode tornar sua gengiva sensível e inflamada, podendo até levar a uma doença periodontal.

Sim, é possível corrigir espaços extras entre os dentes com o Invisalign. 

Dentição mista – dentes de leite e permanentes (fase 1) podem ser tratados com o Invisalign?

A criança que tem entre 6 e 10 anos está no seu momento perfeito para começar um tratamento ortodôntico, conhecido como fase 1. O objetivo dessa fase é desenvolver a arcada dentária e maxilar e garantir o espaço dos dentes que já existem e dos dentes que vão nascer.

Esse tratamento ajuda a prevenir problemas de mordidas pré-existentes. Corrige o alinhamento dos dentes que já existem. Melhora o sorriso da criança em crescimento. Pode ajudar a melhorar hábitos como o de chupar o polegar e empurrar os dentes com a língua. Além de tornar a fase 2 mais fácil e curta.

Sim, o Invisalign também pode ser usado no tratamento dessas fases iniciais. 

Já sabe qual é o seu tipo de sorriso e quer mudá-lo? Entre em contato com um de nossos consultores agora mesmo e faça uma avaliação. Nós iremos escanear o seu sorriso e mostrar o resultado antes mesmo de começar o tratamento. 

Siga as nosso Facebook e Instagram e continue por dentro de vários assuntos envolvendo a sua saúde bucal e a estética facial. Até o próximo post!