skip to Main Content
(21) 98552-2020 (21) 3411-1001
De segunda a sexta, das 8h às 20h. Sábados, das 8h às 12h
Pré-natal Odontológico

O que você precisa saber sobre o pré-natal odontológico

Tempo de Leitura 2 minutos

O pré-natal odontológico é um acompanhamento indicado para gestantes. Durante o período gestacional é normal ocorrer algumas alterações hormonais, que podem ter efeitos adversos na saúde bucal. Por isso, é muito importante que a gestante procure o seu dentista de confiança, para garantir a sua saúde bucal e a do bebê. 

Com funciona o pré-natal odontológico? 

É como uma consulta odontológica normal. O dentista vai observar como anda a saúde bucal da gestante, tratando o que for necessário e aconselhando sobre a prevenção.

É importante que o dentista seja avisado sobre a gravidez antes da consulta. Assim, caso seja necessário aplicar anestesia, será uma específica para as gestantes. Se for preciso fazer alguma radiografia, ele colocará um colete de chumbo sobre a barriga da paciente, protegendo o bebê.

Caso o dentista tenha dúvida em relação à medicação, ele poderá entrar em contato com o obstetra.

Em qual período a gestante deve fazer o pré-natal odontológico?

As consultas podem ocorrer em qualquer momento da gestação, mas o período mais indicado para o início do pré-natal odontológico é o segundo trimestre (entre o 4º e o 6º mês). Evita-se o primeiro trimestre, pois é quando ocorre a organogênese completa, isto é, formam-se o corpo, os membros, a cabeça e todos os órgãos internos, período em que o feto é mais suscetível à ação de medicamentos e o índice de aborto espontâneo é maior.

A gestação está ligada a cárie e perda de dentes?

Ao contrário do que muita gente diz, a gestação não está diretamente relacionada à cárie, perda de dentes e enfraquecimento dos dentes devido à perda de cálcio, sendo esses alguns mitos em relação à saúde bucal da gestante. 

Durante a gestação, a mulher acaba por diminuir os cuidados com a higiene bucal, pois sua atenção e preocupação estão focadas no pré-natal e no bebê, principalmente depois do parto, com os cuidados com o recém-nascido.

O descuido com a higiene oral também pode ocorrer devido ao enjoo que os cremes dentais podem provocar durante as escovações. É importante, que faça uma correta escovação, com uso de fio dental e creme dental com flúor.

Por que o pré-natal odontológico é importante? 

Além de ajudar a controlar os possíveis efeitos causados pelas alterações hormonais, o exame é extremamente importante, pois, a saúde bucal da mãe influencia diretamente na saúde do bebê. Por isso, fazer o pré-natal odontológico garante uma gravidez mais segura e tranquila. Inclua a consulta ao dentista nos cuidados com a saúde durante o período gestacional.

Agende agora mesmo uma consulta com os nossos especialistas. 

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar por dentro de mais dicas sobre como se prevenir e cuidar da sua saúde. 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top