Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Saiba o que esperar após colocar a sua prótese dentária

As próteses dentárias são algumas das soluções ideais para pessoas que desejam substituir os dentes já perdidos, trazendo de volta a harmonia e a eficiência do sorriso. Também conhecidas como “dentaduras”, elas podem realizar a substituição de um ou mais dentes da arcada dentária, através de um procedimento único, e um resultado que pode durar anos.

Existem vários tipos de próteses dentárias: as removíveis, próteses fixas, pontes ou coroas. Hoje em dia, o procedimento se tornou bastante comum nos consultórios odontológicos do mundo inteiro. E se você está pensando em colocar alguma, saiba então o que esperar após dar início a este procedimento.

O passo a passo da prótese dentária:

Remoção dos dentes: Nem sempre é necessário retirar os dentes para que a prótese dentária seja colocada. Mas se acontecer, o seu dentista irá avaliar a melhor forma de realizar o procedimento. Fique tranquilo(a)!

Impressão: Nesta fase, o dentista irá realizar os moldes a partir da sua boca para que seja criada uma prótese que se encaixe completamente em você.

Moldes de mordedura: Blocos de cera deverão ser utilizados para saber se a mordida será confortável ao paciente. Nesta fase, o usuário também poderá escolher a cor e a forma dos novos dentes.

Moldes de cera: É neste processo que os dentes são criados através da cera, oferecendo uma ideia melhor de como irá ficar o resultado final.

Colocação: Pronto! Com a prótese já criada, o dentista irá lhe informar todas as dicas de como proceder a partir de então.

As primeiras sensações

Após colocar a prótese dentária, muitos relatam a sensação de “estar com a boca cheia”, uma sensibilidade normal que irá sumir com o tempo, assim como a produção excessiva de saliva na boca. Uma sensação de ânsia de vômito também pode ser comum nas próteses removíveis, mas é algo que desaparece com o tempo, não se preocupe.

No caso de uma prótese (dentadura) com bordas muito extensas, o paciente pode testar para saber se elas estão maiores do que o necessário. Para isso, com a prótese corretamente assentada na boca, separe levemente as arcadas com os dedos, apreendendo os lábios, e estique este movimento para todos os lados com a intenção de deslocar a dentadura.

Se isso ocorrer, suspenda o uso da prótese e fale imediatamente com o seu dentista, pois isso pode ser a causa da sua má adaptação ao acessório. Vale lembrar que qualquer incômodo mais intenso, é importante relatar ao profissional para que ele possa adequar a prótese à sensibilidade do paciente.

 

Como deve ser a alimentação?

Depois de alocar a prótese dentária, a alimentação deve receber alguns cuidados no início. Normalmente é aconselhado que o paciente se alimente consumindo porções que tenham uma consistência mais macia. Sopas, comidas  pastosas e até mesmo o macarrão são opções super recomendadas. Mas para isso, você deve consultar o seu nutricionista para saber, dentre as possibilidades, qual a melhor opção para a sua dieta.

Já com o passar do tempo, o usuário poderá comer outros tipos de alimentos com consistência mais sólida. Vá introduzindo pequenos pedaços macios de legumes e carnes cozidos pouco a pouco, sem pressa. Vale lembrar também que a mastigação deve ser feita devagar, intercalando os dois lados da boca. Tente mastigar o alimento de maneira homogênea, realizando movimentos verticais, pausadamente, utilizando todos os lados.

Uma dieta mais restrita pode durar em média 30 dias. Muitas pessoas dizem que após 2 meses é possível voltar a comer normalmente, mas vai de cada pessoa. Suplementos vitamínicos também podem ser importantes nesta fase, pois eles irão compensar a falta de vitaminas e minerais no caso de uma dieta mais restrita. Todavia, mais uma vez, sempre veja atentamente com o seu médico antes de qualquer alteração alimentar.

 

Como deve ser a higiene?

Como muita gente sabe, a higiene bucal é a base para a conservação de qualquer procedimento dentário. Mesmo se a prótese for removível ou fixa, elas devem ser escovadas após cada refeição, sempre. No caso das prótese fixas, elas podem ser limpas com escovas comuns ou interdentais e, claro, o uso do fio dental. Já as removíveis necessitam de uma escova mais especial, além da utilização de água morna e sabão neutro para a limpeza completa.

 

Normalização da aparência

Como já falamos por aqui, é normal algumas pessoas terem a sensação de “boca mais cheia” e, com isso, o paciente estranhar também a sua aparência no início. No entanto, normalmente de 4 a 6 semanas após colocar a prótese dentária os músculos da face irão se adaptar à sua nova fase e a aparência retorna à sua normalidade. Inicialmente, pode ser também que você tenha certa dificuldade em relação à fala e até mesmo no ato de mastigar. Mas como isso é apenas uma questão de tempo e prática, é só ir seguindo pouco a pouco todas as orientações de seu dentista, que logo isso voltará a ser normalizado.

 

Tente não retirar a prótese

Como nos primeiros dias deve haver algum desconforto, principalmente no caso das removíveis, tente não retirar a prótese a todo momento. Mantenha o acessório dentro da boca o máximo de tempo possível. E se caso for retirá-la por algum motivo, faça por períodos curtos e em seguida volte a colocá-la. Em relação a dormir com a prótese, alguns dentistas aprovam passar a noite com ela e outros não. De toda forma, tente não dormir com o acessório todos os dias, pois é durante a noite, que o processo de salivação é reduzido e isso pode propiciar o aparecimento de fungos ou lesões.

 

Analgésicos podem aliviar a dor e o desconforto

Ao colocar a prótese dentária, alguns pacientes podem sentir alguma sensação de dor e desconforto. É comum que esta sensação se agrave um pouco lá pelo quarto ou quinto dia após a aplicação. Entretanto, para passar bem por este período de maior desconforto, os analgésicos comuns vendidos em farmácias podem ser uma solução. Porém, antes disso, peça uma orientação do seu dentista.  

Se acontecer de surgirem casos de afta ou inflamações na gengiva, suspenda o uso do acessório imediatamente, pois a utilização contínua da prótese em casos assim irá aumentar o período de cicatrização das úlceras e o caso se complicar. Consulte o seu dentista, pois ele poderá apontar o uso de anti-inflamatórios. Já em relação à pessoas diabéticas, tanto os analgésicos mais comuns como os anti-inflamatórios, precisam de um acompanhamento terapêutico mais atento.

 

Atenção ao período de troca da prótese

Os profissionais mais experientes indicam que a prótese total precisa ser trocada mais ou menos no período de 4 anos, com a intenção de evitar problemas de desadaptação que venham aparecer despercebidos. Essa é uma prevenção para evitar perdas ósseas de maneira excessiva. Fique atento(a) a isso!

Gostaria de saber mais sobre as próteses dentárias? Baixe o nosso E-book sobre o assunto, ou entre em contato com a DentCare. Nossos profissionais estão prontos para lhe auxiliar da melhor forma. Ligue para ( 21) 3411-1001, WhatsApp (21) 98552-2020 ou marque uma avaliação através do nosso site.

 

Deixe uma resposta