Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Qual é a importância da gengiva para os dentes?

Ela aparece quando sorrimos, está lá quando escovamos os dentes e, às vezes, nos lembramos dela por motivos não tão agradáveis assim, como uma inflamação ou um sangramento. Apesar disso, pouca gente sabe da importância da gengiva.

Mais do que apenas deixar o nosso sorriso esteticamente agradável, a gengiva é importante para evitar que os ossos dos dentes fiquem expostos e desempenha uma série de funções na nossa saúde bucal.

Quer saber mais? Continue a leitura.

O que é a gengiva?

A gengiva é um tecido epitelial e conjuntivo presente em toda a nossa cavidade bucal e que reveste o osso alveolar — aquele que dá suporte ósseo aos dentes. Ela é dividida em partes inserida e marginal, dependendo da região em que se apresenta.

Chamamos de gengiva marginal aquela que está à margem dos tecidos gengivais e circunda os dentes em formato de colarinho, formando o sulco gengival e as papilas interdentais.

Já a gengiva inserida possui uma superfície opaca, consistência firme, textura pontilhada e é rosada. Ela é bastante resistente e está fortemente inserida ao osso alveolar por fibras de colágeno.

Qual a importância da gengiva?

A gengiva possui uma variedade imensa de funções, sendo responsável por proteger, nutrir e sustentar os dentes, além de ajudar na parte fonética, ou seja, na nossa fala.

Além disso, a gengiva possui um fator estético interessante, sendo a responsável por delimitar o nosso sorriso, determinando se o mesmo é ou não harmônico.

Uma gengiva saudável apresenta uma cor rosada, com aspecto de casca de laranja e consistência firme — ou seja, não sangra com facilidade. Outra característica importante é que ela deve apresentar uma profundidade de 1 a 3 mm.

Esse valor é o que chamamos de “espaço biológico” e deve ser respeitado quando uma restauração ou prótese é realizada, por exemplo, garantindo que a gengiva fique bem acomodada e não inflame.

Quais os problemas de saúde a gengiva pode apresentar?

A gengiva possui inúmeros micro-organismos e bactérias que devem ser retirados diariamente com a escovação. Quando isso não acontece, ou não é feito de maneira adequada, começam a surgir os problemas periodontais (que é o nome da área especializada em cuidar das gengivas, dentro da odontologia).

O primeiro estágio da doença periodontal é a gengivite, que se caracteriza como uma inflamação da gengiva. É fácil notar que algo não vai bem: a gengiva passará a ficar mais vermelha e sangrará com facilidade na hora da escovação ou do uso do fio dental, por exemplo.

Caso não tratada, a gengivite pode evoluir e levar a condições mais sérias como a periodontite e a doença periodontal, comprometendo até mesmo a estrutura óssea. Um problema nas gengivas pode fazer com que você perca o dente como um todo. Por isso, é essencial manter a higiene em dia.

Outra condição é o “sorriso gengival”, que é a situação em que uma pessoa mostra demasiadamente a gengiva ao sorrir. Embora não seja um problema de saúde, o sorriso gengival pode afetar a autoestima de algumas pessoas. Por esse motivo, tratamentos foram desenvolvidos, por meio da cirurgia e da aplicação de botox.

Como manter as gengivas saudáveis?

Uma escovação adequada, sempre após as refeições, já ajudará a sua gengiva a manter-se saudável. Além disso:

  • use o fio dental todos os dias, pelo menos uma vez por dia;
  • evite escovar os dentes de modo brusco ou com muita força, o que pode machucar a gengiva e causar a retração gengival. Por isso, escolha uma escova com cerdas macias;
  • visite o dentista a cada 6 meses para a realização de uma limpeza completa da boca, com a retirada de placa bacteriana e tártaro, além da profilaxia de inúmeras doenças bucais;
  • beba bastante água e tenha uma boa alimentação, enriquecida com fontes de vitamina C, como a laranja, o espinafre, o brócolis e o abacaxi (já que algumas doenças da gengiva podem ser causadas pela falta dessa vitamina);
  • sempre que notar sangramento, modificação na coloração, inchaço ou outros problemas com a sua gengiva, procure imediatamente um dentista;

Agora que você já sabe da importância da gengiva, que tal aprender a escovar seus dentes corretamente? Confira todas as dicas no nosso post especial!

Dr. Fernando Luiz S. Silva – CRO-RJ 23.204

Deixe uma resposta