Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Próteses Dentárias: Vantagens e Desvantagens

Os dentes realizam várias atividades fundamentais para que o corpo humano consiga funcionar da maneira adequada. Eles são essenciais para a boa mastigação, respiração, fala e principalmente a estética facial. Normalmente, quando acontece de alguma pessoa perder um ou mais dentes, são as próteses dentárias que surgem como o suporte necessário para que esta pessoa consiga sorrir novamente.

As próteses dentárias possuem inúmeros benefícios para o paciente, como também existem algumas contraindicações referente aos seus tipos, que podem ser: prótese total e parcial, fixa ou móvel. A indicação de uma prótese dentária para um paciente irá depender exclusivamente da necessidade de cada um, além do planejamento financeiro reservado para que o procedimento seja feito da maneira adequada.

Próteses Dentárias: e-book com informações completas. Baixe gratuitamente.

 

Prótese Total

A prótese total, em geral, é bastante conhecida como um tipo de dentadura. Sua base é feita a partir da anatomia bucal do paciente. Ela costuma ser providenciada, de maneira personalizada, a partir de um laboratório especializado. Em muitos casos ela dispõe do benefício de ser retirada da boca, pois seu apoio se dá na parte da mucosa bucal, ou seja, na gengiva.

 

Para quem ela é indicada?

A prótese total é comumente indicada para pessoas que estão completamente desprovidas de seus dentes originais. Para que este tipo de tratamento tenha sucesso, é importante que exista uma certa quantidade de osso no local, além da qualidade da gengiva (tecido mole) que o reveste.

Este tipo de prótese utiliza uma resina para poder reproduzir os dentes naturais e a gengiva na boca da pessoa. Essa resina passa por um processo minimalista de pintura, para que o resultado saia o mais real possível.

Prótese total removível sobre o implante.

Prótese total removível sobre o implante.

Qual desvantagem deste tipo de prótese?

Quem utiliza uma prótese dentária deste tipo pode sofrer de uma perda gradual do osso de algumas parte da boca ao longo do tempo. Este quadro poderá desestabilizar a prótese, ocasionando um atenuamento na eficácia mastigatória.  

 

Prótese parcial fixa, qual a indicação?

Este é um tipo de prótese que ficará dependente do número de dentes naturais que o paciente tiver perdido, além do posicionamento e também do tamanho do espaço protético e o lugar de permanência dos dentes. Este espaço não pode ser muito grande e existe a necessidade de pelo menos um ou mais dentes que possam ser utilizados como suporte, considerando um anterior e um posterior à área da prótese.

 

Por que isso é necessário?

Isso acontece, pois a prótese parcial fixa normalmente é apoiada nos dentes que ficam ao redor, que são como um tipo de suporte para ela. Neste processo, por exemplo, a escovação acaba sendo feita sem a necessidade de removê-la. O material utilizado para a confecção da prótese é o metal revestido de porcelana, que dará a possibilidade de substituir até 6 dentes naturais da pessoa.

 

Prótese total fixa e o implante

Em muitos casos faz-se necessário o uso do implante dentário para o encaixe perfeito da prótese, como no da prótese total fixa. Isso em geral costuma ocorrer quando o paciente sofre a perda dos dentes e necessita de um implante que funcione como um suporte para que a prótese dentária seja colocada posteriormente.

Prótese total fixa sobre o implante.

Prótese total fixa sobre o implante.

 

O que não pode neste caso?

Pacientes que possuem algum histórico de doença grave ou que esteja com a saúde frágil, normalmente não são indicados para um procedimento com implantes. Algumas delas podem ser: hipertonia dos músculos da mastigação; desordem de sangramento; várias doenças do sistema nervoso central; diabetes; hipertensão e outras doenças do coração; tumores malignos; estomatite e outras doenças referentes à cavidade oral.

 

Prótese parcial móvel

A prótese parcial móvel, que acabou se tornando conhecida através da expressão “ponte móvel”, é colocada na boca do paciente a partir de um grampo feito de metal. Ela oferece uma certa praticidade na hora da higienização, pois como o nome diz, ela pode ser removida para o ato.

 

Qual a indicação para este tipo de prótese?

Uma prótese parcial móvel pode ser indicada em casos em que existem grandes e variados espaços que deveriam ser ocupados por dentes naturais; quando há espaços intercalados com outros dentes; quando existe algum dente remanescente fixado antes deste espaço e depois não; ou em casos de um espaço protético muito largo, que acaba impedindo o uso da prótese parcial fixa.  

Prótese Parcial Removível (PPR) ou também conhecida como Roth.

Prótese Parcial Removível (PPR) ou também conhecida como Roth.

Qual a sua vantagem?

O maior benefício deste tipo de prótese é certamente o cuidado que o método garante para os dentes remanescentes, protegendo sua integridade física. Isso acontece, pois existe a necessidade de um preparo na área da superfície destes dentes antes da aplicação da prótese.

Existe também a vantagem dela ser de grande ajuda em casos da perda de mais de um dente, por exemplo, possibilitando que o paciente economize em processos de implantes osseointegrados. Isso ocorre devido ao fato da prótese parcial removível ajudar no processo de mastigação, estética e também na fonética do paciente, possibilitando que a pessoa consiga ter uma preparação para a aplicação de um implante no futuro.  

 

E a desvantagem, qual seria?

A única desvantagem de uma prótese assim seria a necessidade de remoção para a higienização depois de cada refeição. Aliás, isso precisa ser feito de maneira assídua, ou seja, o paciente não pode esquecer jamais.

 

E-book completo sobre Próteses Dentárias

 

A tecnologia das prótese flexíveis

É uma opção que vem sendo estudada por especialistas. Ela é feita de polipropileno e poliamida. A sua parte interna é revestida de metal, para poder oferecer uma maior resistência e estabilização no local. Já a área externa é fabricada a partir de uma resina especial. Podemos falar também da coloração dos grampos e dos dentes que se assemelham à cor dos dentes, uma gengiva bastante harmônica e a compatibilidade na fase de cicatrização de um implante, por exemplo.

 

E a desvantagem?

Uma de suas desvantagens é o tipo de material, pois como as resinas costumam ser termossensíveis, podem ser um problema na hora de beber ou comer qualquer coisa mais quente no dia a dia. Além disso, pode apresentar uma dificuldade de adaptação a longo prazo, uma mastigação menos eficiente, se tornar um pouco incômoda devido a uma estrutura menos delicada e impossibilitar o uso da arcada inferior em algumas situações.

 

E aí, gostaria de conhecer mais sobre as próteses dentárias? Entre em contato com a DentCare pelos telefones (21) 3411-1001, WhatsApp (21) 98552-2020 ou através do nosso site e marque uma avaliação com um de nossos profissionais.

Deixe uma resposta