Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Ortodontia: por quanto tempo terei que usar aparelho?

Um tratamento ortodôntico é a única maneira de poder harmonizar uma dentição desajustada. Pessoas que tenham dentes tortos, mordidas desalinhadas, dificuldade na hora da higiene bucal, estão propensas a uma intervenção deste tipo.

O tratamento deverá consistir em uma avaliação feita pelo ortodontista e, em seguida, o profissional irá indicar o uso de um aparelho ortodôntico adequado para a reabilitação oral do paciente. Os aparelhos podem ser do tipo fixos ou móveis, dentre outras especialidades. Se quiser saber mais sobre eles, confira o nosso post contendo todos os tipos de aparelhos e suas funcionalidades.

Aparelho fixo e móvel: seu guia completo e gratuito aqui!

Em geral, um tratamento ortodôntico pode começar já a partir dos cinco a sete anos de idade, que é considerado o período ideal para que a criança seja levada ao ortodontista. É nesse tempo, que o processo de troca dos dentes de leite pelos permanentes acontece. A correção ortodôntica pode levar alguns anos, a depender do tipo de má oclusão que o paciente tiver, além das manutenções que deverão ser feitas ao longo do caminho.   

 

Quanto tempo dura o tratamento? É possível acelerá-lo?

Falando de maneira generalizada, um tratamento ortodôntico pode durar entre 12 e 24 meses. No entanto, tudo pode variar, a depender de inúmeros fatores e casos específicos, e isso inclui a idade do paciente, a mecânica usada, medicamentos, problemas de hormônios e a gravidade da má oclusão.

Existem alguns fios ortodônticos de alta tecnologia, assim como os NiTi termoativados, além de aparelhos ortodônticos específicos, que podem levar a uma diminuição do tempo de tratamento no paciente.

No entanto, não há ainda qualquer evidência científica que prove isso. Por isso, sempre indicamos que o paciente deva seguir o planejamento correto para que o resultado saia como o esperado. Aqui reunimos algumas dicas importantes sobre aparelhos.

Veja tratamentos ortodônticos

 

Posso mudar de aparelho durante o tratamento?

Após todos os exames realizados, a escolha inicial do tipo de aparelho que você deverá fazer uso durante o tratamento, pode ser alterada em alguns casos. Isso pode acontecer, quando ao iniciar o tratamento com o aparelho móvel, por exemplo, o dentista identifique que passando para o fixo, as chances de finalização do alinhamento e nivelamento dos dentes se tornem maior.

Também existem casos em que o paciente opte por trocar o aparelho metálico por outro um pouco mais estético. Mas é claro, tudo deve ser feito de acordo com cada caso e se a troca não acarretar em nenhum prejuízo ao tratamento.

 

Se eu abandonar o tratamento no meio, posso ter problemas?

Ao iniciar um tratamento dentário ortodôntico, o dentista cria todo um planejamento adequado para o seu caso, incluindo todas as manutenções que devem ser feitas até o resultado final almejado. Uma vez que você interrompe este processo, acaba quebrando o ciclo de melhora dos dentes e eles podem voltar à posição original, comprometendo, inclusive, o osso que oferece todo o suporte a eles e à gengiva.

 

Posso reiniciar o processo após isso?

Se você ficou algum tempo sem consultar o seu dentista e realizar as devidas manutenções, é possível que o aparelho tenha movimentado os seus dentes para posições inadequadas, agravando seriamente o seu quadro bucal. Por isso, ao retornar ao consultório, o ortodontista terá de realizar todo o processo de análise novamente para poder identificar como proceder a partir de então.

Baixe um e-book sobre aparelhos transparentes

 

Faça uma avaliação!

Ficou curioso? Quer saber mais sobre a duração e os tipos de tratamentos ortodônticos? Entre em contato com a DentCare! Nosso profissionais estão prontos para lhe auxiliar da melhor forma. Ligue para ( 21) 3411-1001, WhatsApp (21) 98552-2020 ou através do nosso site e marque uma avaliação com um de nossos profissionais.

Deixe uma resposta