Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

O que é botox? Tire suas dúvidas sobre o procedimento!

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre o botox, uma toxina muito utilizada para fins estéticos. No entanto, você sabia que essa substância possui outras aplicações além de amenizar rugas e linhas de expressão?

A toxina botulínica também é utilizada pela medicina e pela odontologia, sendo indicada para várias situações. Ela pode ajudar, inclusive, a deixar o sorriso mais bonito! A sua aplicação é uma alternativa para quem busca resultados rápidos e satisfatórios para melhorar a sua imagem.

Neste post, vamos sanar as suas dúvidas a respeito desse procedimento. Continue lendo e conheça os benefícios do botox:

A história do botox

Desde 1992 o botox tem a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser utilizado no Brasil. Esse é o nome comercial de uma das marcas dessa substância e a forma como ficou popularmente conhecida a toxina botulínica ou proteína botulínica.

Trata-se da secreção produzida por uma bactéria encontrada no meio natural, sendo ela a Clostridium botulinum, organismo que provoca a doença botulismo.

No entanto, a sua toxina industrializada não é perigosa. Isso porque, além de ela ser purificada, as doses empregadas não são suficientes para causar o problema. Ou seja: a aplicação é segura e não causa efeitos colaterais para o organismo.

Essa substância é classificada como uma neurotoxina, pois age no sistema nervoso, sendo capaz de provocar paralisias e contraturas na musculação. Por isso, se aplicada na dosagem ideal, atua de forma positiva para o tratamento de diversos problemas.

Os tipos de botox

A toxina botulínica pode ser encontrada sob a forma de 3 subtipos, denominados A, B ou C. Aquele empregado para uso medicinal é o tipo A. Ela também é comercializada com diferentes nomes, pois é manipulada por várias empresas.

Embora a substância seja a mesma, cada empresa comercializa o botox com características próprias. Inclusive, há variações na eficácia e na dosagem. Sendo assim, é essencial que o profissional observe atentamente as especificações ideais para cada caso.

As indicações da toxina botulínica

A ação neurotóxica do botox se dá porque ele bloqueia o neurotransmissor acetilcolina. Ele é responsável por promover a comunicação entre o cérebro e as fibras musculares, fazendo com que elas se movimentem.

Assim, como a toxina impede essa comunicação, os músculos não se contraem, pois as células não recebem essa ordem do cérebro. Dessa forma, atingem-se resultados positivos quando há patologias, condições ou distúrbios que afetam a musculatura.

Também quando a aparência é afetada ou pode ser melhorada com a aplicação da toxina, como no caso de pessoas que têm o sorriso gengival (quando as gengivas ficam expostas ao sorrir).

Inicialmente, o botox era utilizado no campo da neurologia e da oftalmologia, mas os seus benefícios foram comprovados também para outras áreas. Assim, hoje, o botox é indicado para:

O uso medicinal

Para tratar alguns problemas ou amenizar sintomas decorrentes de doenças, distúrbios ou sequelas, como:

  • blefaroespasmo (fechar os olhos vigorosa e descontroladamente);
  • sudorese (hiperidrose ou bromidrose);
  • estrabismo ocular;
  • espasmo facial (“tique nervoso”);
  • espasticidade causada por doenças neurológicas;
  • dor neuropática;
  • contrações musculares devido ao AVC;
  • tremores do Mal de Parkinson;
  • gagueira;
  • dor lombar crônica (dor miofascial);
  • e incontinência urinária provocada por bexiga nervosa.

O uso estético

Talvez essa seja a aplicação mais popular da toxina botulínica, já que as correções estéticas que ele proporciona são rápidas e mais visíveis do que para alguns tratamentos.

Com esse fim, o botox é indicado para:

  • atenuar rugas profundas na pele;
  • amenizar linhas de expressão;
  • e prevenir o aparecimento das rugas e das linhas.

Esse efeito acontece porque o botox relaxa a musculatura do rosto. Quando acontece a mímica facial ao sorrir, não se formam os vincos na pele. Desse modo as rugas não aparecem.

O uso odontológico

No campo da odontologia, o uso do botox é permitido para fins terapêuticos, ou seja, o cirurgião dentista pode utilizar a toxina para que sejam tratados problemas que afetam a saúde bucal ou a qualidade de vida dos pacientes.

Assim, o botox também traz efeitos positivos para problemas como:

  • bruxismo;
  • cefaleia tensional;
  • salivação excessiva;
  • sorriso gengival;
  • problemas de ATM;
  • sorriso assimétrico;
  • dores orofaciais;
  • e assimetria facial.

A toxina também pode ser utilizada para reduzir a potência da mastigação, quando o paciente fez o tratamento de implantes dentários e precisa aguardar a osseointegração.

Os benefícios do botox

Os benefícios que o botox traz na área da medicina são indiscutíveis, já que essa toxina é capaz de aumentar a qualidade de vida das pessoas que passam por problemas de saúde. No entanto, as vantagens do seu uso também se refletem na autoestima das pessoas.

É muito importante cuidar da saúde. Porém, quando alguém não se sente satisfeito com sua imagem, isso também pode se refletir no bem-estar de um modo geral. Mas, ao corrigir as características que lhe desagradam, a sua relação consigo mesmo e com o mundo se modifica.

Em caráter estético — seja para a pele, para o sorriso ou para a harmonia facial —, o uso do botox pode proporcionar:

  • autoconfiança;
  • segurança;
  • mais autoestima;
  • e satisfação com a imagem.

Uma boa aparência gera oportunidades porque modifica a forma como o mundo enxerga a pessoa, conferindo-lhe respeito e admiração. Mas grande parte dessas conquistas também se dá pela nova postura que a boa imagem desencadeia.

Quando estamos satisfeitos com nossa aparência, conseguirmos expor melhor a nossa opinião, pois não ficamos inseguros nem receosos com julgamentos. Assim, exploramos nosso potencial e não sentimos medo nem vergonha de nos expressarmos.

Por isso, o tratamento com botox traz resultados rápidos, porque soluciona problemas em pouco tempo. Afinal, os efeitos são percebidos após 48 horas e se estendem gradativamente. Mas também proporciona uma mudança de comportamento, favorecendo a autoconfiança.

A importância de consultar um especialista

O botox só pode ser aplicado por um profissional especializado e capacitado para realizar esse procedimento. Isso porque a aplicação da dose errada pode causar efeitos indesejados, como no caso de uma paralisia facial ou de um tratamento para rugas.

Outros efeitos que podem ser sentidos são hematomas, dores de cabeça e ptose palpebral (abaixamento da pálpebra superior) — mas todos são transitórios.

O efeito do botox é anulado depois de algum tempo. Por isso, uma nova aplicação deve ser feita para que ele volte a agir. O profissional também precisa respeitar o intervalo entre essas aplicações para que o organismo não desenvolva resistência à toxina.

O recomendado é um intervalo de no mínimo 3 meses, sendo que o tempo para fazer uma nova sessão pode variar entre 6 meses e 1 ano.

O botox pode trazer diversos benefícios para quem o utiliza, mas é fundamental que a aplicação seja feita em uma clínica especializada e por um profissional capacitado.

Você já pensou em usar o botox para melhorar o seu sorriso? Entre em contato com a DentCare Center e agende uma consulta para saber mais sobre esse procedimento!

Deixe uma resposta