Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

higiene bucal corretamente

Como fazer a sua higiene bucal corretamente?

A higiene bucal perfeita depende de muitos fatores, desde a escolha da escova correta até a técnica de escovação usada, passando também pelo tipo de pasta de dente e pelo uso do fio dental e do enxaguante bucal.

Com tantas variáveis, é comum que as pessoas escovem os dentes de forma errada e acabem sofrendo com doenças bucais sem saber por quê.

Afinal, como fazer a sua higiene bucal de forma correta? Siga o nosso passo a passo e descubra!

Use o fio dental

Ainda não há consenso entre os dentistas se o fio dental deve ser usado antes ou depois da escovação, mas o importante é que ele seja usado pelo menos uma vez ao dia ao fazer a sua higiene bucal.

O fio dental foi feito para limpar os espaços bem estreitos entre os dentes e a base próxima à gengiva onde a escova comum não consegue alcançar. Para quem tem espaços extras entre os dentes, no entanto, pode ser que o fio não resolva o problema, e o mais indicado será uma escova interdental.

Escolha a escova de dentes certa

É natural acreditar que uma escova com cerdas duras limpa melhor os dentes do que uma escova com cerdas macias, mas isso não é verdade.

A escova ideal possui cerdas macias ou ultramacias e bem alinhadas, sendo capaz de limpar os dentes com delicadeza e eficácia, sem lesionar a gengiva ao redor.

Além disso, é importante comprar uma escova nova a cada dois ou três meses, à medida que as cerdas vão ficando mais gastas.

Use pasta de dente com flúor

O flúor fortalece os dentes e reduz a incidência de cáries em todas as faixas etárias, estando presente na maioria dos cremes dentais.

Mas é importante não exagerar na quantidade: o equivalente a um grão de ervilha de pasta já é suficiente para um adulto escovar todos os seus dentes.

Faça os movimentos certos durante a escovação

A escova deve ser posicionada inicialmente em um ângulo de 45º em relação à superfície dos dentes, recobrindo também parte da gengiva.

Partindo aí, realizam-se cerca de 10 movimentos vibratórios circulares em cada face dos dentes, retirando também a sujeira acumulada no sulco gengival, o que ajuda a prevenir a gengivite.

Limpe a língua

A superfície rugosa da língua também acumula restos de alimentos e pode ser a grande responsável pelo mau hálito.

Para evitar esse problema são recomendados limpadores linguais de plástico que permitem a raspagem de toda a superfície da língua sem provocar ânsia de vômito.

Siga a orientação do dentista em relação ao enxaguante bucal

Apesar de as propagandas divulgarem o uso rotineiro do enxaguante bucal, ele deve ser usado apenas sob orientação do dentista.

Muitos enxaguantes possuem substâncias que provocam manchas nos dentes quando usados de forma incorreta. Com tantas opções no mercado, fica difícil escolher um que seja seguro.

Assim, sempre pergunte ao seu dentista se você deve usar um enxaguante bucal, qual o mais indicado e como o uso deve ser feito.

Faça visitas regulares ao dentista

De nada adiantam todos esses cuidados em casa se as visitas ao dentista também não fazem parte da rotina.

O recomendado é que a cada seis meses seja agendada uma limpeza profissional e uma avaliação da cavidade oral para que qualquer alteração seja diagnosticada e tratada precocemente.

Gostou das nossas dicas para fazer a sua higiene bucal corretamente? Compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

Deixe uma resposta