Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Como cuidar da higiene bucal do bebê?

A higiene bucal do bebê deve ser iniciada muito antes do que os pais imaginam. Embora o primeiro dentinho só surja aos seis meses, muitos profissionais recomendam que a boca do bebê seja limpa após a amamentação desde o nascimento e que a primeira consulta com o odontopediatra seja feita antes mesmo do bebê nascer.

Quer descobrir mais detalhes sobre como você deve cuidar da higiene bucal do bebê? Tem tudo explicadinho aqui no post. Confira.

Quando iniciar a rotina de higiene bucal do bebê?

Não há consenso absoluto entre os dentistas, mas a maioria dos profissionais recomenda que desde o nascimento a mamãe ou o papai limpem a boca do bebê após cada mamada para retirar os restos de leite. Para a limpeza, basta usar uma gaze ou uma pontinha da fralda molhada em soro fisiológico ou água filtrada e passar o material suavemente sobre as gengivas, a língua e as bochechas do bebê.

Embora essas superfícies não permitam a proliferação bacteriana como os dentes, iniciar a higiene bucal desde o nascimento estabelece esse hábito e evita problemas na rotina após o nascimento dos dentes.

E o que fazer quando os dentes nascerem?

Com o nascimentos dos dentes por volta dos seis meses, a higiene bucal deve ser mais completa e caprichada. Isso porque as famosas cáries de mamadeira surgem rapidamente e podem provocar dor e perda de apetite na criança.

Inicialmente, a limpeza com a fralda pode ser substituída pela limpeza com uma dedeira que permite que os pais limpem bem a superfície de cada um dos dentinhos. À medida que os molares vão nascendo, no entanto, o uso da escova de dentes se torna obrigatório.

Qual o modelo de escova de dentes mais indicado?

Opte por uma escova própria para bebês com cabeça pequena flexível e cerdas extra macias para que a gengiva do bebê não seja lesionada durante a escovação.

A partir de quando a pasta de dentes deve ser usada?

A pasta de dentes é recomendada desde o nascimento do primeiro dentinho aos seis meses. Dê preferência às versões com flúor, pois essa substância oferece uma proteção extra contra as cáries.

A única ressalva é em relação à quantidade do produto usada em cada escovação, que deve ser equivalente a um grãozinho de arroz apenas. Qualquer excesso deve ser retirado ao final da escovação.

Quando levar a criança ao odontopediatra?

A primeira consulta com o odontopediatra pode ser feita ainda durante a gestação para que os pais possam ser orientados quanto à limpeza da boca da criança nos primeiros meses de vida e o que fazer quando os dentinhos começarem a nascer.

A próxima consulta deve ocorrer justamente quando os dentes nascerem para que o dentista possa avaliar se tudo está correndo normalmente e orientar os pais quanto à escovação e a prevenção de cáries de mamadeira. A partir daí, as visitas podem ocorrer regularmente a cada três meses.

Se os dentinhos não nascerem na época certa também vale a pena visitar o profissional para que a causa do atraso seja descoberta.

E se a criança dormir logo após a mamada?

O ideal é que o bebê nunca durma sem escovar os dentes, já que é justamente esse hábito que mais se associa com o surgimento das cáries de mamadeira. Assim, é importante já acostumar a criança a não mamar no berço para que ela entenda que terá que escovar os dentes antes de dormir.

Uma outra solução é substituir o leite da última mamadeira por água (sem açúcar) para que a escovação não seja necessária.

Gostou das nossas dicas sobre a higiene bucal do bebê? Compartilhe o post com seus amigos nas redes sociais.

Dr. Fernando Luiz S. Silva –  CRO-RJ – 23.204

Deixe uma resposta