Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 12h


  Contato : Telefone: (21) 3411-1001 | Whatsapp: (21) 98552-2020

Clareamento dental: 5 mitos que você precisa saber!

Existem vários mitos que giram em torno do clareamento dental. Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é necessário esperar que os dentes fiquem muito escurecidos ou manchados para se submeter ao tratamento. O clareamento é recomendado para pessoas que estão insatisfeitas com a cor de seus dentes.

Os tratamentos clareadores são muito eficazes com resultados satisfatórios, sendo capazes de fazer uma transformação no sorriso de uma pessoa.

Se você quer se submeter ao clareamento dental, mas já ouviu sobre pontos negativos do tratamento, vamos listar 6 mitos sobre o tratamento que você precisa saber. Confira!

1. Clareamento dental causa câncer

Não há nenhuma evidência científica de que clareadores dentários provocam câncer. Até porque a tecnologia permite que os clareadores sejam cada vez mais eficientes e seguros.

Portanto, se você deseja clarear os dentes, pode fazer o tratamento sem medo!

2. Clareamento dental deixa os dentes sensíveis

Esse é um dos maiores receios de quem deseja fazer clareamento dental. Na verdade, alguns pacientes podem ter sensibilidade durante o tratamento, mas isso é passageiro e quando acontecer, o dentista deve ser comunicado.

Em caso de pacientes que façam clareamento caseiro, pode ocorrer de os dentes ficarem sensíveis com o uso do gel clareador em excesso. Mas, pensar que após o procedimento, os dentes ficarão sensíveis é totalmente errado.

3. Cremes dentais clareiam os dentes

Há vários cremes dentais disponíveis no mercado que prometem clarear os dentes, inclusive prometem um sorriso extremamente branco. O que alguns desses produtos apresentam, na verdade, são agentes abrasivos que removem manchas na superfície dentária.

Mas, promover clareamento como as marcas de pasta de dentes prometem é um mito. Isso só é possível com tratamentos clareadores supervisionados por profissionais.

4. O clareamento danifica o esmalte dos dentes

Outro mito que não faz o menor sentido, afinal de contas, não há sentido em corrigir um problema estético e arriscar a saúde bucal de um paciente.

Os produtos usados nas técnicas de clareamento não causam nenhum dano à estrutura dentária, pois eles apenas removem o pigmento que está deixando seus dentes com uma cor desagradável.

5. O clareamento deixa os dentes brancos

Muitas pessoas sonham em ter dentes extremamente brancos, como muitos astros do cinema e da TV e por isso, se submetem ao clareamento dentário. Essa ideia sobre o tratamento é errada, pois se a pessoa possui dentes com uma cor amarelada, o procedimento não irá deixá-los brancos, mas sim, em sua cor original.

Mesmo que o paciente sonhe em ter dentes brancos, não é ele quem definirá o grau de brancura que os dentes devem alcançar por meio do clareamento dental e sim, o dentista. Caso o paciente deseje uma cor mais branca do que seus dentes originais, deve procurar outras opções como facetas de porcelana, por exemplo.

Cuidados ao se submeter ao clareamento dental

Como você pode ver, o clareamento dental é uma técnica totalmente segura e que traz inúmeros benefícios para os pacientes. Mas, para que o tratamento tenha eficácia, é preciso cooperação do paciente, que deve seguir à risca as orientações do dentista.

A única possibilidade de que o clareamento traga consequências é se ele for feito sem supervisão profissional. Por isso, se você preza pela sua saúde bucal, procure sempre profissionais qualificados.

Quer ficar por dentro sobre todos os assuntos referentes à saúde bucal? Então curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas postagens!

Dr. Fernando Luiz S. Silva – CRO-RJ 23.204

Deixe uma resposta